Acesso à informação Portal de Estado do Brasil  
Personal tools
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Página Inicial | Mapa do Site | English | Español
Sections
You are here: Home Imprensa Notícias 2010 Setembro 1ª semana Fungos do solo influenciam desenvolvimento do amendoim forrageiro
Fungos do solo influenciam desenvolvimento do amendoim forrageiro (06/09/2010)
Document Actions

Quais os tipos, a frequência e a quantidade de fungos encontrados no solo de áreas plantadas com amendoim forrageiro? Como estes microorganismos interferem no crescimento e na variabilidade genética desta leguminosa? A resposta para estas e outras perguntas estão reunidas em uma pesquisa coordenada pela Embrapa Acre, apresentada recentemente pelo engenheiro agrônomo José Marlo Araújo de Azevedo, para conclusão do curso de mestrado em Produção Vegetal da Universidade Federal do Acre.
 
O solo abriga diversas espécies de fungos e bactérias que podem influenciar o desenvolvimento das plantas. Nessa diversidade estão os fungos micorrízicos arbusculares, organismos que se associam às raízes das plantas, proporcionando e tirando vantagens dessa associação. “Estes fungos exercem influência direta no crescimento e composição química do amendoim forrageiro, enquanto captam e transferem nutrientes para a planta hospedeira que, por sua vez, fornece substâncias provenientes da fotossíntese. Entretanto, a interação a partir dessa simbiose varia de planta para planta”, conclui o autor da pesquisa.

Marlo Azevedo explica ainda que, além de favorecer o crescimento da planta, essas associações elevam a produção de matéria seca e proporcionam maior acúmulo de nutrientes como nitrogênio, potássio e magnésio, elementos que contribuem de forma direta para o desenvolvimento da forrageira. Isto proporciona melhoria na qualidade da forragem que serve de alimento para o gado. “O resultado esperado é o aumento na produção de carne e leite, com menor custo para o produtor e maior sustentabilidade para o sistema”, enfatiza.

A pesquisa “Variabilidade genética entre acessos de amendoim forrageiro quanto à associação micorrízica e resposta ao fósforo” investigou a quantidade de fungos presentes em acessos coletados no Banco Ativo de Germoplasma de amendoim forrageiro da Embrapa Acre, identificando 21 espécies. Também foram conduzidos estudos em casa-de-vegetação para verificar a variabilidade genética das plantas e de que maneira estes fungos interferem no crescimento e composição química da planta, em situações com diferentes níveis de adubação fosfatada.

Variabilidade genética


“O amendoim forrageiro apresenta elevada variabilidade genética, que influencia diretamente a interação estabelecida entre a planta e o fungo. Nosso propósito foi identificar materiais genéticos com respostas eficientes, que possam se desenvolver bem em ambientes pobres em fósforo, elemento essencial para o desenvolvimento das plantas”, explica a pesquisadora da Embrapa Acre, Giselle Lessa, que orientou a pesquisa.

A espécie de amendoim forrageiro Arachis pintoi, que é a mais utilizada entre os produtores acrianos, apresenta até 22% de proteína, teor três vezes superior ao normalmente encontrado em capins. Aliado ao elevado valor nutritivo, o amendoim forrageiro possui boa aceitação pelos animais, podendo ser usado tanto na alimentação do rebanho bovino como de pequenas criações.

Esta leguminosa tropical, bastante utilizada em consórcios com gramíneas, tem sido uma alternativa tecnológica eficiente para melhorar a qualidade das pastagens e a produtividade dos rebanhos leiteiros e de corte no Acre e em outros Estados do Brasil. A capacidade de se associar a fungos micorrízicos e os benefícios proporcionados por este processo tornaram o amendoim forrageiro alvo de pesquisas, visando desenvolver cultivares bem adaptadas a solos pobres em nutrientes.

Além das vantagens proporcionadas à dieta animal, o amendoim forrageiro também auxilia na recuperação de pastagens degradadas, em consórcios com diversas gramíneas (capim-braquiarão, capim-braquiarinha, Brachiaria humidicola, capim tangola e grama estrela roxa africana).

Estudos da Embrapa Acre revelam que o nitrogênio absorvido por esta leguminosa é convertido em adubo para as plantas, que se desenvolvem com facilidade. Outra vantagem é que as folhas da leguminosa também funcionam como adubo natural para o solo, contribuindo para melhorar a qualidade das pastagens. Isto aumenta o potencial produtivo do rebanho e reduz a necessidade de adubação química nitrogenada.

De acordo com o pesquisador Judson Valentim, o consórcio de pastagens atende a três questões cruciais para a sustentabilidade da atividade pecuária na Amazônia. Além de possibilitar a diversificação do pasto, como medida de contenção do ataque de pragas e doenças, representa alternativa eficiente para lidar com a mortalidade do capim brizantão - problema comum na Amazônia, e proporciona o aumento da capacidade de lotação das pastagens. “Esta prática se traduz em ganhos econômicos para o produtor e benefícios para o meio ambiente”, afirma.

Segundo Giselle Lessa, os resultados da pesquisa podem apontar caminhos para futuros trabalhos com melhoramento genético do amendoim forrageiro, visando estabelecer associações mais eficientes com os fungos micorrízicos. “O melhoramento depende dessa variabilidade genética porque precisa de plantas com características distintas para permitir a seleção e recombinação de tipos superiores”, diz.

Além da utilização nas pastagens, o amendoim forrageiro vem sendo utilizado na cobertura de solos em plantios perenes, na ornamentação de praças e jardins de diversas cidades do Brasil e também na revegetação de margens de rodovias.


Diva Gonçalves (Mtb-0148/AC)

Embrapa Acre

Contato: (68) 3212-3200

diva@cpafac.embrapa.br

Pesquisar
neste portal
em toda a Embrapa


Índice A-Z
A - B - C - D - E - F - G - H - I - J - K - L - M - N - O - P - Q - R - S - T - U - V - W - X - Y - Z

Fale Conosco

Twitter    Facebook    Youtube
Agenda de Eventos
3ª Mostra de máquinas e inventos para a agricultura familiar 08/05/2014 a 10/05/2014 Pelotas/RS
VI Congresso Brasileiro de Mamona 12/08/2014 a 15/08/2014 Fortaleza, CE
Simposio Latino Americano de Canola - SLAC 19/08/2014 a 21/08/2014 Embrapa Trigo, Passo Fundo, RS
Veja mais…
Enquete
Como você classifica a experiência de navegação no Portal:







Mais enquetes…