Melhoramento de feijão para altos teores de ferro e zinco: seleção de genitores e populações segregantes, controle genético, associação com outros caracteres desejáveis e interação com ambientes.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

O objetivo do presente projeto é realizar estudos genéticos visando: o entendimento do controle genético e da importância da interação genótipos x ambientes para os teores de ferro e zinco, tamanho e produtividade de grãos; a seleção de populações segregantes que reúnam altos teores de ferro e zinco, tamanho e produtividade de grãos; a identificação de associação entre teores de ferro, de zinco e tamanho dos grãos; identificação de polimorfismo para marcadores moleculares previamente identificados como ligados a QTLs relacionados aos teores de ferro e zinco em linhagens melhoradas; a identificação de linhagens elite com altos teores, estabilidade e adaptabilidade para teores de ferro e zinco.

Assim, espera-se identificar cultivares com maiores teores de ferro e zinco, que poderiam ser utlizadas imediatamente. Além disso, serão geradas linhagens que poderão se tornar novas cultivares futuramente. A validação de marcadores moleculares ligados aos genes que controlam os teores desses minerais, o entendimento do efeito da interação facilitara o processo de seleção de novas linhagens.

Situação: concluído Data de Início: 08/2013 Data de Finalização: 07/2016

Unidade Lider: Embrapa Arroz e Feijão

Líder de projeto: Helton Santos Pereira

Contato: helton.pereira@embrapa.br