Melhoramento genético do tomateiro para agregação de valor e aumento da sustentabilidade da cultura (Fase II)

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: LOBO, Leandro Santos

O Brasil cultiva cerca de 60.000 ha/ano de tomate para mesa e para processamento industrial, com uma produção de três milhões de toneladas. O agronegócio do tomate gera, ao longo da cadeia produtiva, milhares de empregos diretos e indiretos no campo e nas cidades. O tomate e seus derivados também são importantes fontes de nutrientes na dieta de diferentes classes sociais, estando presentes na mesa de milhares de brasileiros. Entretanto, a produção nos trópicos e subtrópicos é afetada pelo severo ataque de pragas e doenças. Desta forma, a disponibilização de um portfólio de cultivares combinando atributos de resistência genética e qualidade agronômica e nutricional é crucial para a sustentabilidade do cultivo dessa hortaliça no país. O crescente oligopólio do mercado mundial de sementes tem deixado o agronegócio de tomate do Brasil dependente de materiais genéticos estrangeiros que, muitas vezes, não apresentam adaptação adequada. Esta situação, combinada com o aparecimento de novas epidemias e a suscetibilidade dos atuais híbridos a pragas e a doenças, tem exigido uma maior utilização de agrotóxicos, o que onera o custo de produção e o preço final dos produtos. Além do aspecto da redução do uso de agrotóxicos, resultante da utilização de cultivares resistentes, existe a preocupação constante em melhorar a qualidade sensorial e nutricional. Nesse cenário, a Embrapa pode desempenhar um papel estratégico em gerar materiais genéticos focados nos problemas do mercado nacional. Em resumo, esta fase do projeto tem como objetivo colocar à disposição do agronegócio cultivares e tecnologias de base genética/genômica com impacto em todos os elos da cadeia produtiva, permitindo agregar valor e garantir a sustentabilidade do agronegócio de tomate.

Situação: concluído Data de Início: 11/2011 Data de Finalização: 10/2015

Unidade Lider: Embrapa Hortaliças

Líder de projeto: Leonardo Silva Boiteux

Contato: leonardo.boiteux@embrapa.br

Galeria de imagens