Filtrar por:

Situações
Unidades
Ordenação: data  |  alfabética
 

O projeto tem o objetivo de introduzir a cultivar de banana Pelipita, resistente a sigatoka- negra, na cadeia produtiva de chips, proporcionando nova alternativa de matéria prima para as agroindústrias do estado do Amazonas e como isso uma nova atividade para a melhoria de renda e qualidade de vida para a agricultura familiar. Para disponibilizar no mercado a banana “Pelipita” como alternativa ao plátano Pacovan na produção de chips (frita), é necessário, inicialmente demonstrar as vantagens do ...

Situação: concluído     Data de Início: 01/12/2015

A produção brasileira de batata é orientada ao mercado interno. A maior parte das 3,6 milhões de toneladas é comercializada “in natura”; apenas 15% é destinada à indústria (palitos pré-fritos, 52%; “chips”, 34%; batata palha, 14%). O consumo de batata adquirida “in natura” tem diminuído, ao passo que de batata processada tem aumentado significativamente, principalmente de palitos pré-fritos congelados. O consumo de batata “chips” tem crescido pouco, enquanto que o de batata palha continua aument ...

Situação: concluído     Data de Início: 01/08/2016

A batata é a hortaliça mais importante do País, com uma produção anual de 3,4 milhões de toneladas, em 100 mil ha no agronegócio e 30 mil ha na agricultura familiar. A produção é suficiente para abastecer os mercados de comercialização in natura e indústrias de chips e batata palha. Entretanto, a batata ofertada no mercado de comercialização in natura, em geral, não atende às exigências dos consumidores em relação às características culinárias, e a matéria-prima fornecida às indústrias de batata ...

Situação: concluído     Data de Início: 01/04/2011

O agronegócio da batata envolve cerca de 1,5 mil produtores numa área de produção anual de cerca de 100 mil hectares. O cultivo contribui também para renda e segurança alimentar de milhares de pequenos produtores, que cultivam cerca de 20 mil hectares. A produção brasileira, alicerçada em poucas cultivares oriundas da Europa e da América do Norte, serve basicamente para o abastecimento do mercado interno, sendo 65% canalizado para o mercado fresco, 15% para indústria de chips e palha e 12% para ...

Situação: concluído     Data de Início: 01/01/2008

Apesar de ganhos genéticos significativos terem sido obtidos por meio do melhoramento tradicional, ele não produz informações sobre os processos biológicos envolvidos. Além disso, existem grandes dificuldades para o melhoramento genético de características que são medidas em um só sexo e/ou tardiamente na vida do animal. O desenvolvimento dos chips de DNA tornou possível maximizar os ganhos genéticos, por meio da redução do intervalo de gerações e do aumento da intensidade de seleção. Assim, est ...

Situação: concluído     Data de Início: 01/09/2010

A seleção para fenótipos desejáveis tem sido praticada em bovinos desde sua domesticação, ocorrida há́, aproximadamente, 10.000 anos. Tal processo de domesticação provocou mudanças acentuadas em características comportamentais e morfológicas nas subespécies e, juntamente com o desenvolvimento das raças e dos programas de melhoramento genético, propiciou o aparecimento da enorme variedade de padrões e de tipos raciais conhecidos atualmente. Desde então, as ferramentas de melhoramento tradicionais ...

Situação: concluído     Data de Início: 01/01/2019

A seleção para fenótipos desejáveis tem sido praticada em bovinos desde sua domesticação, ocorrida há aproximadamente 10.000 anos. Tal processo de domesticação provocou mudanças acentuadas em características comportamentais e morfológicas nas subespécies e, juntamente com o desenvolvimento das raças e dos programas de melhoramento genético, propiciou o aparecimento da enorme variedade de padrões e de tipos raciais conhecidos atualmente. Desde então, as ferramentas de melhoramento tradicionais, b ...

Situação: concluído     Data de Início: 01/01/2015